Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

INFP

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

20
Abr20

Viagens

Há 8 anos decidi partir. Fui de férias e não voltei.

Foi a minha fuga à vida em Portugal. Não fui em busca de um el dorado, fui simplesmente à procura de mim. Aprendi imenso sobre o mundo e o tanto que perdia e perdi a dar importância às coisas erradas.

Para contrariar as tendências modernas, nunca fui apaixonada por viajar. Nunca pensei no assunto, sequer. Do muito pouco que tinha viajado, lembrava apenas das piores partes as viagens de um ou mais dias em carro ou autocarro.

Há 6 anos, com alguma segurança financeira, decidi passar 9 dias no sul de Espanha, sozinha. Depois desta, vieram tantas outras mini aventuras. Gosto de parar e absorver o que de maior há além de mim.

A viagem obriga-me a abandonar as minhas rotinas e a enfrentar o que possa correr mal ou o que não estava planeado; obriga-me a saber defender-me, a lidar com pessoas e a corrigir formas de ser e estar. A sair da minha zona de conforto.

Sempre me considerei uma pessoa independente, sem vontade de dar satisfações e é apenas nestas alturas que o consigo fazer.

Viajar é enfrentar todos os meus monstrinhos mas conseguir disfrutar da minha independência.

De Lisboa segui para Faro de comboio numa manhã no final de Maio. Nessa noite dormi em Sevilha. Seguiu-se Córdoba, Granada, Málaga e Gibraltar de onde, já em Junho, voltei para casa.

Todas as fotografias são minhas. O Rochedo de Gibraltar, a cidade de Málaga, o palácio de Alhambra em Granada, a Mesquita-Catedral de Córdoba e a Praça de Espanha em Sevilha.