Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

21
Mar22

A Torre

21 - 27 Março

Esta carta mostra-nos uma torre que se equilibra no topo de uma montanha que se ilumina pelos relâmpagos que a atingem. Duas pessoas saltam de cabeça pelas janelas, de braços abertos. É uma cena de caos e destruição. A Torre, em si, é uma estrutura sólida mas, porque foi construída sob alicerces instáveis, é necessário apenas um relâmpago para que a derrube. Representa ambições e objectivos criados a partir de premissas falsas. O relâmpago representa uma vaga repentina de energia e discernimento que nos leva a um progresso ou revelação. Entra pelo topo do edifício e derruba a cúpula/ coroa, simbolizando energia a fluir do Universo - de cima para baixo -, pelo chakra coronário. As pessoas estão desesperadas para sair do edifício em chamas ignorando o que as espera. À sua volta, 22 chamas representam os 12 signos do zodíaco e as 10 pontas da Árvore da Vida, sugerindo que mesmo em tempos de crise, há sempre intervenção Divina.

Quando esta carta aparece numa leitura, devemos esperar o inesperado - mudanças radicais, revoltas, destruição e caos. Pode ser um divórcio, morte de um ente querido, fracassos financeiros, problemas de saúde, desastres naturais, perda de emprego ou qualquer evento que nos abale, afectando-nos a nível espiritual, mental e físico. Não há como escapar. A mudança vem para causar estragos, caos e destruir tudo no seu caminho. Mas diz que é para o nosso bem 

Quando pensamos estar confortáveis e a salvo, um momento destes atinge-nos e entramos numa roda-viva. Um relâmpago de claridade e discernimento abre caminho por entre as mentiras e ilusões de que nos temos alimentado e agora a verdade aparece-nos. O nosso mundo desmorona-se de formas que nunca imaginámos pois não sabíamos que a nossa vida se erguia sob alicerces instáveis - falsas suposições, mentiras, ilusões... Nestes momentos questionamos o que é e o que não é real; em que podemos e não podemos confiar. Esta situação pode ser confusa e desorientar-nos especialmente quando as nossas crenças são desafiadas. Contudo, com o passar do tempo, compreenderemos que vivíamos uma vida construída em falsas crenças.

A melhor forma de ultrapassar esta fase é permitir a auto destruição da nossa estrutura actual para que possamos reconstruir e reconcentrar. De qualquer forma, com esta carta, não temos outra opção que não rendermo-nos à destruição e ao caos, ainda que indesejados ou dolorosos. A mudança necessária nestes níveis tão profundos é difícil mas temos de acreditar que a vida acontece PARA nós. Esta destruição permite um novo crescimento para que a nossa alma evolua. Depois desta experiência, cresceremos mais fortes, mais sábios e mais resilientes enquanto desenvolvemos uma nova perspectiva sobre a vida. São momentos necessários para o nosso crescimento espiritual. A verdade e a honestidade trarão mudanças positivas ainda que sintamos ansiedade e dor durante este processo.

Felizmente, a Torre nem sempre está associada a dor e tormento. Se estamos alinhados e conscientes com o nosso GPS interno, esta carta pode indicar uma revelação ou um despertar espiritual. Poderemos prever o início do caos mas conseguir tomar acções antes que tudo rua à nossa volta. Poderemos criar transformações antes de sermos forçados a fazê-lo. Na sua forma mais positiva, a Torre é uma oportunidade de nos libertarmos de formas de pensar antigas e que nos restringem.
 
Com o apoio de Biddy Tarot
14
Mar22

Os Enamorados

14 - 20 Março

A carta Os Enamorados mostra uma mulher e um homem nus, debaixo do anjo Rafael, cujo nome significa "Deus cura" e representa tanto a cura física como a emocional. O anjo abençoa-os e relembra-os da sua união ao Divino. O casal encontra-se numa paisagem bonita e fértil que nos remete para o Jardim do Éden. Atrás da mulher existe uma macieira com uma serpente, ondulando até ao topo da árvore. A serpente e a árvore representam a tentação dos prazeres sensuais que nos podem desconcentrar e desconectar do Divino. Atrás do homem está uma árvore de chamas, representando paixão, o interesse primário do homem. As doze chamas sugerem os 12 signos do zodíaco, símbolo do tempo e eternidade. O homem olha a mulher, e esta observa o anjo enquanto lhes mostra o caminho do consciente ao inconsciente e ao super consciente, isto é, do desejo físico às necessidades emocionais aos interesses espirituais. A montanha vulcânica, ao fundo, de forma fálica, representa a erupção de paixão que acontece quando um homem e uma mulher se encontram em nudez.

Na sua forma pura, esta carta representa ligações conscientes e relações profundas. É uma prova de que temos uma ligação bonita com um ente querido e que esta ligação honra as respectivas almas. Poderemos acreditar que encontrámos a nossa alma gémea ou parceiro para a vida, e a energia sexual entre ambos vai além de gratificação instantânea e luxúria. É algo espiritual e quase Tântrico. Regra geral, Os Enamorados referem-se a um nó romântico mas pode também representar uma amizade profunda ou relação familiar onde fluem amor, respeito e compaixão. Esta é uma carta de comunicação aberta e honestidade bruta. A nudez da mulher e do homem diz-nos que estão dispostos a estar nos seus estados mais vulneráveis e que aprenderam a abrir os seus corações e a partilhar os seus sentimentos mais verdadeiros. A confiança e confidência entre ambos cria, entre eles, um forte laço. Se comunicarmos aberta e honestamente com quem mais gostamos e nos preocupamos, criaremos uma relação harmoniosa e recompensadora, construída com confiança e respeito.

A um nível mais pessoal, a carta representa uma necessidade de clarificar os nossos valores e crenças, descobrindo o que defendemos e qual a nossa filosofia. Estamos em posição para determinar o que é e o que não é importante para nós, sair para o mundo com a confiança de sermos autênticos e genuínos em todas as nossas acções e em todos os nossos esforços. Esta carta é sobre escolha. De quem queremos ser na vida, como nos conectamos com os outros e a que nível, e sobre o que defendemos e não defendemos. Para fazermos boas escolhas é preciso ter bem claro quais os nossos valores e crenças. E nem todas as decisões vão ser fáceis. Esta carta pode ser um sinal de que estamos a viver um dilema de cariz moral e que precisamos considerar todas as consequências antes de agir. O nosso sistema de valores está a ser desafiado e temos de saber tomar um caminho mais sábio mesmo que seja difícil. Não devemos tomar decisões baseadas em medo nem preocupação nem culpa nem vergonha. Devemos escolher o amor - por nós próprios, pelos outros, pelo Universo. Devemos escolher ser a nossa melhor versão.

Os Enamorados encorajam-nos a unificar forças duais. Podemos juntar duas partes que se parecem opostas, e criar um "todo", unificado e harmonioso. Em cada escolha, existe uma quantidade igual de vantagem e desvantagem, oportunidade e desafio, positivo e negativo. Quando aceitamos estas dualidades, construímos a unidade da qual o amor flui.

Com o apoio de Biddy Tarot

07
Mar22

O Julgamento

7 - 13 Março

A carta do Julgamento mostra homens, mulheres e crianças nus a sairem de túmulos, com os braços abertos e de olhos no céu. Acima, o Arcanjo Gabriel – o Mensageiro de Deus – toca a sua trombeta. O povo responde à sua chamada, pronto para ser julgado e para saber se será aceite no céu ou não. Ao fundo, uma extensa cordilheira, significa os obstáculos intransponíveis e a impossibilidade de evitar o julgamento.

Esta carta convoca-nos a elevarmo-nos e abraçarmos um nível mais alto de consciência para serviço do nosso Bem Maior. Estamos a passar por um despertar espiritual e compreendemos que estamos destinados a muito mais. Esta é a oportunidade para um melhoramento cósmico, de sintonizar numa frequência mais alta, de deixar de lado o nosso antigo eu e entrar nesta nossa nova versão. Esta carta indica a necessidade de tomar uma decisão que mudará a nossa vida. Uma decisão que requer uma mistura de intuição e intelecto. Esta mudança será significativa e com efeitos duradouros. Devemos sintonizarmo-nos com o nosso Eu Superior, confiar no nosso julgamento e saberemos que estamos no caminho certo. Se ainda restarem dúvidas, podemos olhar para as nossas lições de vida do passado como guias.

A carta Julgamento aparece numa leitura quando estamos perto de atingir um estágio significativo na nossa jornada. Avaliamos as nossas experiências passadas e aprendemos com elas para curarmos feridas profundas e, desta forma, podemos deixar o passado para trás. Encontrámos absolvição, esclarecemos erros ou arrependimentos e liberamos culpas e tristezas sobre o passado. Este processo de limpeza revigora-nos e prepara-nos para enfrentar novos desafios.

Com o apoio de Biddy Tarot

28
Fev22

Rei de Pentáculos

28 Fevereiro - 6 Março

O Rei de Pentáculos está sentado num trono embelezado por esculturas de touros - representam a sua conexão com o signo astrológico de Touro; e uvas e videiras adornam o seu manto, simbolizando riqueza e abundância. Na mão direita o Rei segura o ceptro do seu poder e, na esquerda, uma moeda de ouro, símbolo da sua influência material. Este Rei tem uma habilidade inata de criar riqueza material e abundância financeira sendo capaz de manter a sua riqueza ao longo do tempo através de autodisciplina, controlo e liderança. A seus pés e ao redor do trono estão mais videiras, flores e plantas, representando a maior conquista do sucesso material. O seu castelo fica atrás dele, um símbolo de tudo o que ele construiu através dos seus esforços e determinação. Este rei é, portanto, muito sério em relação à segurança financeira e fez da acumulação de riqueza o seu foco na vida. Orgulha-se das suas conquistas e gosta de mostrar aos outros os seus bens e riquezas.

O Rei de Pentáculos representa riqueza material, abundância financeira e sucesso mundano. Este Rei é um provedor fiel. Usa a sua ambição e confiança para criar riqueza para si e para os outros e gera a sua autoestima a partir do que acumulou e pode compartilhar com os outros. É também uma figura paterna que fornece conselhos, orientação e sabedoria, especialmente em assuntos financeiros e relacionados com trabalho. Quando esta carta aparece numa leitura, sentimo-nos confiantes e bem-sucedidos. Não apenas identificamos oportunidades de crescimento e sucesso, mas também usamos autodisciplina e controlo para gerir a riqueza e investi-la, a longo prazo, com sabedoria. A chegada deste Rei indica que conseguimos traduzir uma visão em algo tangível, prático e muitas vezes muito lucrativo.

O Rei de Pentáculos pode indicar o cumprimento final de uma tarefa criativa, um empreendimento ou investimento. Através de diligência, responsabilidade e atenção ao detalhe, conseguimos grandes coisas e podemos finalmente dizer que atingimos os nossos objetivos. Agora podemos desfrutar dos sucessos que criámos. Este Rei sabe que uma abordagem metódica, planeada e bem pensada levará ao sucesso.

Com o apoio de Biddy Tarot

07
Fev22

A Estrela

7 - 13 Fevereiro

A Estrela mostra uma mulher nua ajoelhada à beira de uma pequena poça. Segura dois recipientes de água: um na mão esquerda (o subconsciente) e outro na direita (o consciente). Derrama a água para nutrir a terra e continuar o ciclo de fertilidade representado pela vegetação exuberante ao seu redor. O outro recipiente despeja a água em terra, em cinco fluxos, representando os cinco sentidos. A mulher tem um pé no chão representando as suas habilidades práticas e bom senso, e o outro pé na água representando a sua intuição e recursos internos e a sua voz interior. Ela está nua, símbolo da sua vulnerabilidade e pureza sob a vastidão do céu noturno estrelado. Atrás dela brilha uma grande estrela representando suas essências centrais, e sete estrelas menores representando os chakras.

Como A Estrela sucede A Torre, vem como um alívio após um período de destruição e turbulência. Suportámos muitos desafios e despojámo-nos de crenças limitantes que anteriormente nos detinham. Estamos a aperceber-nos da nossa essência, de quem somos debaixo de todas as nossas camadas. Não importa o que a vida nos coloca no caminho, sabemos que estamos sempre conectados ao Divino e à energia pura de amor. Temos um novo sentido de nós mesmos, uma nova apreciação pelo nosso Ser.

A Estrela traz esperança e fé renovadas e uma sensação de que estamos, verdadeiramente, abençoados pelo Universo. Entramos numa fase pacífica e amorosa da vida, cheia de energia calma, estabilidade mental e uma compreensão mais profunda de nós mesmos e dos outros ao nosso redor. Este é um momento de crescimento e desenvolvimento pessoal significativo pois agora estamos prontos para receber as bênçãos do Universo. Com A Estrela tudo é possível e a magia flui à nossa volta. Os corações estão cheios de esperança e a alma está a elevar-se ao mais alto nível quando percebemos que os nossos sonhos podem tornar-se realidade.

Também podemos querer encontrar ou redescobrir um sentido, inspiração ou propósito de vida. Estamos a passar por mudanças significativas na vida, transformando-nos do antigo para o novo e, ao fazê-lo, trazemos uma nova perspectiva. Escolhemos a versão mais elevada de nós mesmos. Esta é uma jornada espiritual profunda que trará maior significado e propósito à vida e renovará a energia interior. É importante descartar crenças limitantes, fachadas ou enganos e viver a nossa natureza autêntica. Estejamos abertos a novas ideias e crescimento, e ouçamos a nossa voz interior.

A Estrela também sugere um espírito generoso. Queremos dar ou compartilhar riqueza com outras pessoas para ajudar a transformar as suas vidas. De coração aberto, queremos devolver as bênçãos que recebemos para que outros se possam beneficiar.

Com o apoio de Biddy Tarot

02
Fev22

Truque de Tarot

tarot trick (2).jpgVi e tive de experimentar. Afinal de contas tenho de brincar com o meu baralho!

Por cima d'O Sol encontrei o Valete de Paus e por baixo o Cavaleiro de Espadas.

O Sol - Carta que irradia optimismo e positividade. Um sol grande brilha no céu representando a fonte de toda a vida na Terra. Abaixo, quatro girassóis crescem acima de uma parede de tijolos, representando os quatro naipes dos Arcanos Menores e os quatro elementos. Em primeiro plano, uma criança nua está sentada em cima de um calmo cavalo branco. A criança representa a alegria de estar conectada com seu espírito interior, e sua nudez é um sinal de que ela não tem nada a esconder e tem toda a inocência e pureza da infância. O cavalo branco também é sinal de pureza e força.


Valete de Paus - Os significados do naipe de Paus estão associados à energia primordial, espiritualidade, inspiração, determinação, força, intuição, criatividade, ambição e expansão, pensamento original e às sementes através das quais a vida brota. Está associado ao elemento Fogo. O fogo é quente, selvagem, imprevisível e energético, criativo ou destrutivo. O fogo simboliza paixão, energia, entusiasmo e sexualidade. É um elemento masculino e reflete o impulso e a força de vontade da energia masculina. Os significados das cartas de Paus lidam com o nível espiritual de consciência e reflectem o que é importante para cada um de nós. Abordam o que nos motiva – personalidade, ego, entusiasmo, conceito de nós mesmos e energia pessoal, interna e externa. Os aspectos negativos de Paus incluem ilusão, comportamento egoísta, impulsividade, falta de direcção ou propósito, ou sentimento de falta de sentido. O Valete de Paus deixa-me inclinada a dar uma oportunidade a tudo e qualquer coisa. Não tenho necessariamente um plano sólido, nem sei realmente para onde estou a ir, mas sinto-me animada com a ideia. Experiencio inquietações criativas mas ainda preciso atear a centelha da criação acção. Preciso mapear uma estratégia, testar ideias antes de me comprometer. O Valete de Paus pode aparecer quando um caminho ou uma jornada espiritual estiver a chamar.

Cavaleiro de Espadas - O naipe de Espadas lida com o nível mental de consciência que está centrado em torno da mente e do intelecto. As espadas refletem a qualidade da mente presente em pensamentos, atitudes e crenças. Simboliza o bom equilíbrio entre intelecto e poder e como estes dois elementos podem ser usados ​​para o bem ou para o mal. Como tal, as Espadas devem ser equilibradas pelo espírito (Paus) e pelo sentimento (Copas) para ter um efeito mais positivo. Está associado ao elemento Ar: intangível e invisível mas em constante movimento. É poderoso mas refrescante e purificador. Simbolicamente, o elemento ar relaciona-se com conhecimento, acção, poder e mudança. É uma energia masculina que pode liderar pela força e pelo poder, mesmo que permaneça invisível. Tal como todos os Cavaleiros do Tarot, o Cavaleiro de Espadas é alguém numa missão – com a mente definida em algo, nada o impede. E como uma carta de Espadas, este Cavaleiro usa ativamente o poder de seu intelecto para alcançar seus objetivos. Esta carta lembra-me de ser assertiva para conseguir o que desejo. Ele não fica para trás à espera que algo aconteça. Ele está sempre a dar o primeiro passo e a perseguir activamente os seus objetivos. Posso aproveitar essa energia na minha vida sendo proactiva e com uma visão no futuro.

Já há muito tempo que deixei de acreditar em acasos.

Sou Carneiro, fogo, tempestuosa, de cabeça quente e emotiva. Não vejo o porquê de viver a vida de outra forma. E chateio-me quando não percebem que sou assim. E que não o sou por mal. Ajo sem pensar porque quero ver as coisas logo feitas mesmo que mais tarde tenha o dobro do trabalho. Quero tudo e ao mesmo tempo e nunca faço planos concretos porque se um falha terei tantos outros caminhos a percorrer. Não páro para pensar. E sim, falta-me sentido de vida, direcção e propósito.

desafio a bii yue a fazer o mesmo que eu sei que ela vai gostar 

Com o apoio de Biddy Tarot

31
Jan22

Valete de Copas

31 Janeiro - 6 Fevereiro

O Valete de Copas usa uma túnica azul com um estampado floral e uma boina na cabeça com um lenço longo e esvoaçante. À beira de um mar ondulado, segura uma taça na mão direita. Um peixe coloca a cabeça para fora do copo e olha para o jovem. O peixe e o mar atrás dele representam o elemento água e tudo relacionado com criatividade, intuição, sentimentos e emoções. A aparição inesperada do peixe significa que a inspiração criativa geralmente surge do nada e somente quando a ela estamos receptivos.

Esta carta sugere que uma nova ideia ou oportunidade surgiu do nada. A energia criativa flui e a questão é como iremos expressá-la. Vamos transformá-la em algo ou deixar que outros a realizem? Convida-nos a ter uma mente aberta e curiosa, a estarmos abertos a qualquer coisa. É com uma mente curiosa que descobriremos novos aspectos da vida e de nós mesmos. Devemos abrir a mente para todas as possibilidades, especialmente aquelas de natureza criativa ou intuitiva. O Valete de Copas pede que abracemos a nossa criança interior e acreditemos que tudo é possível.

Cada Valete pede que exploremos uma nova faceta de nós mesmos. O de Copas pede que exploremos o nosso eu criativo e emocional. Podemos começar uma aula de arte, ler livros sobre como expressar sentimentos ou aprender sobre como desenvolver habilidades psíquicas. Aspirações sonhadoras percorrem-nos e sentimo-nos movidos por coisas simples. Esta carta aparece quando somos chamados a confiar na intuição e a estar aberto às mensagens intuitivas que surgem no nosso caminho. Sincronicidades e sinais da natureza nos guiarão. Podem vir de lugares inesperados e podem nem mesmo fazer sentido para a mente racional.

O Valete de Copas pode também indicar surpresas inesperadas e agradáveis. Os valetes são muitas vezes conhecidos como mensageiros e com o Valete de Copas podemos receber uma mensagem relacionada às emoções, intuição ou empreendimentos criativos. O nascimento de um bebé, um noivado ou casamento, um novo amor ou a oferta de um novo projeto. Não é uma surpresa que possamos antecipar ou forçar. Estejamos prontos para a receber quando chegar o momento.

Com o apoio de Biddy Tarot

Mais sobre mim

Setembro do Auto Cuidado

A Ler

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D