Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

18
Out21

10 de Pentáculos

Semana 18 - 24 Outubro

O Dez de Pentáculos mostra um homem idoso de cabelos brancos que veste uma túnica ornada com bordados, sentado com dois cães brancos a seus pés. Um casal mais jovem está perto com uma criança pequena. O homem é um patriarca rico que alcançou muito durante a sua vida e está imensamente satisfeito por agora poder compartilhar a sua riqueza e abundância com os seus entes queridos. Os seus sucessos e realizações proporcionam, agora, segurança financeira e certeza para toda a família. Ele já pode e consegue ver o legado que criou.

O homem e a sua família reúnem-se no pátio de um grande castelo, que marca a sua prosperidade, conforto e segurança financeira. No arco estão os brazões e bandeiras da família, um símbolo da sua história e ancestralidade. A sua riqueza vai muito além do conforto material; o homem e a sua família têm uma conexão profundamente enraizada com a sua linhagem, lar e comunidade.

Este é um sinal positivo de que atingimos um ponto de conclusão e realização na nossa jornada. Esta sensação de realização é, provavelmente, o resultado de uma carreira de sucesso, investimentos financeiros inteligentes, um ambiente doméstico estável e um possível relacionamento comprometido e de longo prazo. Acumulámos riqueza e abundância através de trabalho árduo e dedicação e, agora, podemos saborear e compartilhar essa riqueza com outras pessoas. Esta é uma daquelas cartas que prometem que tudo dará certo e que teremos orgulho de tudo o que conquistámos.

Quando o Dez de Pentáculos aparece numa leitura, estamos rodeados de riquezas e abençoados com abundância financeira. Não há querer mais, temos tudo o que precisamos, especialmente no reino material. Estamos financeiramente seguros e sabemos que, por causa dos nossos sucessos e realizações pessoais, teremos sempre o que precisamos e desejamos. Esta carta reflecte estabilidade e a criação de uma base duradoura para o sucesso futuro. É uma carta de compromisso com um futuro sustentável, levando em consideração não apenas os ganhos de curto prazo mas, também, os benefícios a longo prazo.

O Dez de Pentáculos indica que nos sentimos compelidos a partilhar os nossos sucesso com as outras pessoas para garantir que também se sintam bem cuidadas. Somos o ganha-pão, trazemos segurança e estabilidade financeira para a nossa família, garantindo que tenham tudo o que precisam para viver uma vida feliz e confortável. 

Esta carta relembra-nos, também, a importância da família. Estar cercado pelas pessoas que amamos traz alegria e felicidade. Saber que podemos confiar na família e que ela estará lá para nós.

Com o apoio de Biddy Tarot

11
Out21

Ás de Espadas

11 - 17 Outubro

O Ás de Espadas mostra uma mão luminosa que surge de uma nuvem branca, uma representação do Divino. Segura uma espada, na vertical, símbolo da mente e do intelecto e, na ponta da espada, uma coroa envolta numa grinalda, sinal de sucesso e vitória. Embora este Ás seja um sinal de triunfo, a irregularidade das montanhas ao fundo sugerem que o caminho a ser feito será um desafio. Será precisa muita resiliência mental para percorrer esse caminho.

Esta carta marca uma onda de energia vinda do reino intelectual. Podemos estar à beira de um avanço significativo ou de uma nova maneira de pensar que nos permite ver o mundo de forma clara. Ou podemos ter uma percepção repentina ou compreensão consciente sobre um problema que nos tem incomodado e podemos, finalmente, ver o caminho à nossa frente. A meditação regular pode ajudar a dissipar a agitação mental e a tirar o máximo proveito deste potencial intelectual.

Esta carta é um sinal de encorajamento. Diz-nos que a nossa mente está em 'modo de expansão'. Estamos abertos para abraçar novas ideias, ansiamos por estímulos e aproveitaremos as oportunidades para aprender algo novo. Prosperamos com novas ideias, com inspiração, pensamentos e visões originais e ficamos animados para procurar novas oportunidades que se baseiam nas nossas habilidades criativas e intelectuais. Quando o Ás de Espadas aparece numa leitura, informa-nos que agora é um excelente momento para iniciar um novo projeto - que requer intelecto, habilidades de comunicação e poder mental. 

Como podemos aproveitar a motivação desta carta e agir com base nas suas novas ideias? Como um Ás, estamos no início de uma jornada mas podemos sentir que a energia se acumula e mal podemos esperar para começar. Se canalizarmos essa energia para as acções e os movimentos certos, teremos sucesso. O caminho pode ser acidentado e podemos, e devemos, esperar desafios. Uma mentalidade de sucesso ajuda-nos a navegar por esses obstáculos com facilidade.

Como acontece com todas as cartas de Espadas, o Ás representa poder mas a espada é uma lâmina de dois gumes, o que implica que ela pode criar e destruir. A mensagem é clara: com poder vem responsabilidade. Caberá a nós decidir como aproveitar a oportunidade para o bem maior de todos, em vez do poder egoísta ou agressivo. Precisamos ter um coração e uma mente fortes e conseguir ver a melhor forma de usar este nosso poder para servir os outros e a nós mesmos.

O Ás de Espadas também nos incentiva a procurar a verdade e encontrar justiça. Podemos defender uma causa ou defender os nossos direitos ou os direitos de outras pessoas. Podemos ter uma nova ideia pela qual estamos preparados para lutar, ou podemos, apenas, sentir-nos entusiasmados com um assunto que nos apaixona. Temos clareza e podemos argumentar o nosso ponto de vista com verdade e convicção. Estamos prontos para a batalha.

Com o apoio de Biddy Tarot

04
Out21

Rei de Paus

4 - 10 Outubro

O Rei de Paus está sentado no seu trono. Segura uma vara com brotos, um símbolo de vida e criatividade. O seu trono e a sua capa estão decorados com leões e salamandras, ambos símbolos de fogo e força. As salamandras, que mordem a própria cauda, representam o infinito e o impulso contínuo para avançar contra todos os obstáculos.

O Rei de Paus representa a energia do fogo puro na sua forma masculina. Ao contrário das outras cartas do naipe de Paus, o Rei não está tão interessado na criatividade nem em sonhar com ideias e implementá-las. Em vez disso, quer pegar numa ideia e recrutar outros para ajudá-lo a realizá-la. Portanto, quando o Rei de Paus aparece numa leitura é um sinal de que estamos a assumir o papel de um líder, pronto para direccionar uma equipa, o seu povo, etc., para um objectivo comum. Tem uma visão clara da direcção que quer tomar e está a manifestar essa visão com o apoio das pessoas à sua volta. Os outros gravitam, naturalmente, em seu redor pelo seu carisma, foco e determinação, e acreditam em si e na sua visão. Querem fazer parte dessa manifestação e estão presentes para apoiá-lo a cem por cento. O Rei é também mestre em conseguir que os outros façam o trabalho por si, enquanto os mantém presentes durante todo o processo.

O Rei de Paus lembra-nos do dever de viver a vida com intenção e visão a longo prazo. Ao contrário do Cavaleiro, que pode ser um pouco impulsivo nas suas acções, o Rei tem maturidade para ver a sua visão até ao fim e mais além. É um Conquistador porque tem clareza sobre a sua direcção e como lá pode chegar, não perdendo tempo com o que não o leva a lado nenhum. Não se deixa levar pela corrente mas embarca num curso de acção directo e robusto.

O Rei de Paus também sugere que uma oportunidade se apresentará e temos, agora, o poder de enfrentar desafios. Podemos criar qualquer resultado que desejarmos portanto, estejamos atentos às nossas intenções e às nossas visões. Em nós existe todo o poder de que necessitamos.

Com o apoio de Biddy Tarot

27
Set21

A Morte

27 Setembro - 3 Outubro

O Mensageiro da Morte: um esqueleto vestido com uma armadura preta, sentando num cavalo branco. O esqueleto representa a parte do corpo que sobrevive muito depois de a vida o deixar; a armadura simboliza invencibilidade e a inevitabilidade da morte, enquanto que a sua cor escura é a do luto e do mistério. O cavalo tem a cor da pureza e actua como um símbolo de força e poder. A morte carrega uma bandeira preta decorada com uma rosa branca de cinco pétalas transmitindo beleza, purificação e imortalidade. O número cinco (das pétalas) representa mudança. Juntos, estes símbolos revelam que a morte não é apenas o fim da vida. A morte é sobre fins e novos começos, nascimento e renascimento, mudança e transformação. Há beleza na morte e é uma parte inerente de estar vivo. Uma figura real parece estar morta no chão enquanto uma jovem, uma criança e um bispo imploram à figura esquelética que os poupe. Mas, como sabemos, a morte não poupa ninguém. Ao fundo, um barco navega rio abaixo, semelhante aos barcos mitológicos que escoltam os mortos para a vida após a morte. No horizonte, o sol põe-se entre duas torres, "morrendo" todas as noites e renascendo todas as manhãs.

É engraçado ler isto descrição depois do (muito) pouco que já li sobre os antigos mistérios.

A Morte é provavelmente a carta mais temida e incompreendida de todas mas pode, no entanto, ser uma das mais positivas do baralho. Simboliza o fim de uma fase importante ou aspecto da vida que percebemos que já não nos serve, abrindo a possibilidade de algo muito mais valioso e essencial. Devemos fechar uma porta para abrir outra. Precisamos deixar o passado para trás e prepararmo-nos para abraçar novas oportunidades e possibilidades. Pode ser difícil deixar o passado para trás, mas rapidamente veremos a importância de o fazer. Se resistirmos a esses finais necessários, poderemos sentir dor, emocional e física mas, se exercitarmos a nossa imaginação e visualizar uma nova possibilidade, permitiremos que surjam padrões mais construtivos.

A Morte mostra um momento de significativa transformação, mudança e transição. Precisamos transformarmo-nos e limparmos o velho para trazer o novo. Qualquer mudança deve ser saudada como uma força positiva, purificadora e transformadora. A Morte e a eliminação de factores limitantes podem abrir a porta para uma experiência de vida mais ampla e satisfatória.

A carta da Morte contém elementos de uma mudança repentina e inesperada. A morte acontece a todos; acontece o mesmo com mudanças significativas. Portanto, a carta da Morte pode ser um sinal de que nos podemos sentir como se estivéssemos no caminho de uma mudança radical e não podemos escapar aos seus efeitos. Embora a reviravolta possa parecer indesejada e dolorosa, essa mudança pode trazer consigo uma série de surpresas inesperadas que criam novas oportunidades e vantagens.

Finalmente, a Morte é um sinal de que precisamos aprender a abandonar apegos doentios para preparar o caminho para uma vida mais plena, plena de significado, significados mais profundos. A Morte ensina a abandonar modos de vida desgastados e ultrapassados ​​e a seguir em frente. Esta é a carta perfeita para quebrar um mau hábito ou padrão de comportamento. Vejamos isto como um momento para cortar os excessos e abrir mão do que é desnecessário.

Com o apoio de Biddy Tarot

20
Set21

8 de Paus

20 - 26 Setembro

O Oito de Paus mostra oito varas com brotos, a pairar pelo ar a alta velocidade. Este "voo" sugere mudança, movimento e viagem. O céu está claro e o rio corre livremente e dá vida à paisagem em volta.

O Oito de Paus diz-nos que as lutas do Sete de Paus praticamente terminaram e temos a liberdade e o espaço para seguir em frente, novamente, com os nossos planos. Este Oito é uma carta dinâmica, que contém um alto nível de energia que nos impulsiona a alcançar os nossos objetivos a um ritmo mais rápido. Podemos esperar estar muito ocupados, mas é um daqueles períodos de "boa ocupação" durante os quais ficamos entusiasmados com o progresso que fazemos.

O Oito de Paus incentiva-nos a "ir com a corrente", a não resistir. Tudo se move rápido neste momento e, por isso, devemos aproveitar ao máximo este ímpeto para manifestar os nossos objetivos e os nossos sonhos. Se tentarmos desacelerar as coisas porque não nos sentimos prontos ou temos medo do desconhecido, vamos apenas desperdiçar esta oportunidade. Em vez disso, devemos usar esta energia para alimentar mudanças positivas e produzir resultados significativos.

Esta carta também convida a concentrarmo-nos nas nossas intenções e ações. Devemos determinar o que queremos manifestar e, em seguida, alinhar todos os nossos recursos e energia para nos focarmos nesse objetivo único, removendo todas as distrações. Esta experiência pode ser bastante produtiva, permitindo que realizemos muito em pouco tempo.

Com o Oito de Paus podemos esperar a rápida conclusão de um projeto em andamento, mas também podemos ficar ocupados com algo novo e ainda mais emocionante em breve. Não há como pará-lo, pois estamos a explodir de energia e ideias e mal podemos esperar para realizar uma tarefa e começar outra. Para maximizar essa energia, devemos certificar-nos de que as nossas atividades estão alinhadas com os nossos objetivos mais amplos e investirmos nas coisas certas no momento certo. Além disso, devemos certificar-nos de que as tarefas anteriores estão concluídas antes de passarmos para as próximas. É, definitivamente, uma carta voltada para a ação que nos incentiva a agir rapidamente para procurar as melhores oportunidades disponíveis. Não há espera enquanto o Oito de Paus está presente, então temos de determinar para onde a nossa energia deve ser canalizada e ir em frente!

Com o apoio de Biddy Tarot

13
Set21

Rainha de Paus

13 a 19 de Setembro

A Rainha de Paus está sentada num trono decorado com leões voltados em direcções opostas, constituíndo um símbolo de fogo e força. Na sua mão esquerda, na sua coroa e atrás dela estão girassóis, símbolo de vida, fertilidade, alegria e satisfação, enquanto que a mão direita segura uma vara com um pequeno broto que ganha vida. Um gato preto senta-se a seus pés sinal de que, embora esta Rainha seja ousada e extrovertida, ela também está em contacto com o seu lado mais sombrio e menos conhecido do seu ser.

Esta carta relembra-nos que somos optimistas, corajosos e determinados. Estamos aqui para ver através das nossas visões criativas e do nosso propósito de vida mesmo diante de adversidades e desafios. Auto-realizada e consciente de si, a Rainha sabe como canalizar melhor os seus pontos fortes e fracos para atingir os seus objetivos. Estamos optimistas e cheios de ideias para compartilhar com os outros. Sabemos o que queremos e como consegui-lo e somos mestres em nos envolvermos com os outros para atingir os nossos objetivos. Mantemo-nos determinados e focados nos nossos objetivos ao mesmo tempo que somos educados, corteses e positivos com todas as outras pessoas.

A Rainha de Paus pede que sejamos ousados nas nossas intenções e acções. Pede que não tenhamos medo de assumir o nosso verdadeiro poder e de mostrá-lo. Temos imenso para oferecer por isso façamos brilhar a nossa luz! Acreditemos em nós mesmos e no que representamos e não tenhamos medo de falar nem de sermos ouvidos. Ninguém nos silenciará.

Sempre sociável, a Rainha de Paus sugere que temos uma vida agitada, criando vínculos e relações e expondo-se enquanto persegue a sua visão criativa. Irradia saúde e vitalidade, a sua vibração interior enche-a de energia e inspiração. É uma líder nata, inteligente e inspiradora. Influencia os outros através da sua visão, da sua coragem e determinação. Inspira confiança nos outros e dá-lhes o poder e a autoconfiança de que podem realizar qualquer coisa a que se proponham.

A Rainha de Paus também sugere que nos estamos a expressar plenamente no nosso mundo externo e gostamos de ser o centro das atenções. Criamos uma primeira impressão possante e podemos, rapidamente, conquistar os outros com a nossa natureza doce, calorosa e encantadora. Agora é o momento perfeito para nos aventurararnos e conhecermos novas pessoas ou criar uma comunidade que pense como nós. Eles serão atraídos pela nossa energia, paixão e entusiasmo e, juntos, podemos criar uma mudança positiva no mundo.

Finalmente, a Rainha de Paus encoraja-nos a reconhecer a nossa sombra, o nosso lado menos conhecido e às vezes mais sombrio. Não tem, necessariamente, de ser um aspecto negativo mas pode ser algo que a maioria das pessoas ainda não sabe sobre nós. O nosso sentido de humor negro, uma vida secreta passada ou um projeto apaixonado que mantivemos escondido. Embora queiramos proteger este lado de nós mesmos, a Rainha de Paus incentiva-nos a expressar este lado mais abertamente com os outros. Isto permitirá que nos conectemos a um nível mais profundo.

Com o apoio de Biddy Tarot

06
Set21

O Imperador

Semana 6 - 12 Setembro

O Imperador é o arquétipo Pai do baralho de Tarot. Sentado num grande trono de pedra adornado com quatro cabeças de carneiro (símbolo de sua conexão com Carneiro e o planeta Marte). Na mão direita segura um ankh, símbolo egípcio da vida, e na esquerda uma esfera que representa o mundo que ele próprio governa. Usa um manto vermelho, indicativo do seu poder, paixão e energia. Por baixo dela, uma armadura que sugere que está protegido de ameaças (e de qualquer resposta emocional ou vulnerabilidade). A sua longa barba branca simboliza a sua sabedoria e experiência ancestrais e, com a sua coroa de ouro, o Imperador é uma figura de autoridade que exige ser ouvido. Atrás do trono ergue-se uma cordilheira, alta e impenetrável, simbolizando as suas bases sólidas mas também resistência a quaisquer mudanças, a menos que as considere necessárias. Na base da cordilheira corre um pequeno rio dando alguma esperança de que, apesar de seu exterior severo, ele é um ser emocional - basta apenas muita confiança e trabalho para o quebrar e mostrar-lhe o seu lado mais sensível.

Como figura paterna no Tarot, o Imperador sugere que estamos a adoptar esse papel - paternal, sustentando a nossa família, protegendo e defendendo os nossos entes queridos. Somos o ganha-pão ou a principal fonte de sustento para aqueles que confiam na nossa estabilidade e segurança.

O Imperador representa um líder que exige respeito e autoridade. Status, poder e reconhecimento são essenciais, e sente-se mais confortável numa função de liderança onde pode comandar e dirigir os outros. Como líder, governa com mão firme, mas justa. Tem uma visão clara do que quer criar e organiza as pessoas de forma a manifestar o seu objetivo. Ouve os conselhos dos outros, mas prefere ter a palavra final. O conflito não o assusta e não hesitará em usar o seu poder para proteger aqueles de quem gosta. E, em troca, as pessoas vão retribuir com a lealdade e o respeito que merece. Esta é uma semana para reivindicarmos a nossa autoridade como líderes e influenciadores, e não deixarmos que os outros nos rebaixem.

O Imperador reflete um sistema regido por regras e regulamentos. Criemos calma a partir do caos dividindo qualquer problema nas suas partes e, em seguida, mapeando as ações que precisamos realizar para resolvê-lo. Sejamos sistemáticos, estratégicos e altamente organizados na nossa abordagem, e mantenhamos o nosso plano até ao fim.

A carta do Imperador também significa conhecimento e experiência. Ao longo da vida adquirimos sabedoria e experiência e podemos oferecer orientação e conselhos a alguém que pode beneficiar com isso.

Com o apoio de iddy Tarot

Mais sobre mim

Fórum Saúde Mental Portugal

A Ler

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D