Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

27
Jan21

esquilo siberiano

O primeiro animal de estimação que tive foi um esquilo siberiano. Não sei de onde veio a ideia mas o meu irmão pegou em mim um dia e fomos até à loja de animais. Estava uma chinchila linda a olhar para nós mas ele tinha o esquilo em mente.

Obviamente vinha super assustada. São animais que, no seu habitat natural, são presas e estão constantemente alerta. Foi difícil fazê-la confiar em nós mas dávamos-lhe guloseimas com ajuda de um pauzinho chinês para ela nos associar a comida e com muito trabalho foi-se habituando à nossa presença e aos nosso barulhos. Comprámos um gaiola enorme onde colocámos ramos de árvore para ela saltar e estar mais facilmente ao nível do parapeito. Todas as manhãs lá estava ela a apanhar uns banhos de sol. Devagar conseguíamos abrir a porta da gaiola e com a ajuda de um amendoim fazer com que se sentasse na nossa mão e assim começámos a fazer-lhe festinhas. Mais tarde começámos a deixar a gaiola aberta e a vassoura à porta para ela descer e subir quando quisesse e explorar a casa. Nunca fez necessidades fora da gaiola mas roeu o sofá da sala e fez um ninho lá dentro 

Tinha uma cauda linda mas nos seus últimos anos deve ter desenvolvido alguma ansiedade e ficou com cauda de ratazana, tadita... Viveu connosco 7 anos. Ainda me lembro da manhã em que a minha mãe a encontrou gelada na gaiola, já morta. Fizemos-lhe um pequeno enterro nessa noite.

102_1584.JPG

18
Jun20

Cocas

Costumo dizer que herdei os defeitos do meu pai. Mas foi ele que me passou o gosto por duas das coisas que mais me fazem feliz: natureza e animais.

Quando o Cocas veio cá para casa, eu não estava cá. Foi adotado uns meses depois de eu ter saído do país.

Cresci num ambiente pouco harmonioso, pesado onde a comunicação nunca abundou. Desde que voltei, há 3 anos atrás, notei como este gato se tornou um elo de ligação entre os membros desta família. Passou a ser o foco da casa, o membro mais importante e provavelmente o mais bem tratado!

Nunca tivemos animais. Em parte porque vivemos num apartamento (a desculpa que nos davam) e as responsabilidades iriam sempre ser dos mesmos (mas no fundo é sempre assim). A questão da limpeza era outra barreira para termos animais, e a disponibilidade para saídas à rua no caso de termos um cão e deixá-lo em casa sozinho (já tivemos vizinhos que deixavam a cadela a chorar todo o dia).

O Cocas chegou-nos através de família e veio para evitar que ficasse fechado na transportadora todo o dia. É um siamês amarelo de pelo denso, super dócil e que adora ser mimado. Não gosta das coisas que um gato normal não gosta... ser lavado, ser pegado ao colo, aspiradores e ir na transportadora mas é louco por peixe, festas na barriga e ser escovado.

Costumamos dizer que lhe saiu a sorte grande mas a nós também.

Mais sobre mim

Fórum Saúde Mental Portugal

A Ler

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D