Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

08
Mai20

Em Pontas

Desde a escola primária que a Mariana tem aulas de ballet. Não se lembra de um dia da sua vida que não tivesse calçado um par destes sapatos e já perdeu a conta em quantos dançou. Nunca soube descrever o que sentia quando subia ao palco e atuava mas, por muitos pares que tenha gasto, nunca se esquecerá da prova para o primeiro par de sapatilhas em ponta. A verdadeira passagem, o ritual máximo na transformação de menina a uma bailarina a sério. Orgulhosamente, fez questão de ser ela a cozer as fitas ponto a ponto enquanto a mãe observava. Ninguém sabe mas essas fitas estão com ela todos os dias e sempre que prepara um novo par, volta a ter 11 anos outra vez.

Vi tantos vídeos sobre provas de sapatilhas de ponta e como calçá-los que neste momento sei a teoria toda de como prepará-los para dançar.

04
Mai20

A Nave

Desconfortavelmente sentada entre as 2 pessoas que mudarão o meu futuro, espero enquanto todos os protocolos e testes são minuciosamente finalizados para a descolagem. O fato pressurizado e toda a parafernália obrigatória para uma viagem ao espaço começa a incomodar-me. Os nervos assomam-se e só me apetece desistir. Mas não quero deitar por terra todo o esforço e investimento do último ano. Com 11 mil milhões de pessoas com olhos postos em mim, não quero fazer mais merda na minha vida.

A verdade é que estou por minha conta, prestes a enfrentar o desconhecido. Bem podia estar a caminho do meu próprio velório que ninguém quereria saber. Sou um ratinho de laboratório, mais uma vida que será ceifada em nome da ciência.

Mas não estou a ser totalmente honesta, ou estarei? Deixa de te fazeres de vítima! Vais porque queres, porque te voluntariaste.

Estamos no ano de 2099. Depois de várias décadas de pesquisa, testes e desenvolvimentos com ajuda de tecnologia extraterrestre, o Homem está preparado para mais um giant leap.

Neste caso, eu. Uma mulher, 56 anos. Nada a perder.

A contagem decrescente começou.

IMG_20200428_000934.jpg

Não possuindo o material mais adequado nem a qualidade necessária, isto foi o que consegui para o Universo estrelado. Ainda assim foi engraçado fazer isto.

01
Mai20

A Não Correspondência

Não sei se alguma vez senti amor romântico. Nunca senti as borboletas na barriga nem os joelhos fracos nem o nó na garganta. Não por uma pessoa, pelo menos, num contexto de amor ou paixão ou desejo.

Sei, sim, o que é não ter coragem de sequer expressar o meu interesse em alguém. Por medo de me expor, de me ridicularizar, por medo da rejeição.

Não conheço a tragédia do amor não correspondido nem compreendo a dor que nos domina.

O que será pior?

Um sofrimento auto-infligido ou um causado por algo que não podemos controlar? Ter o coração aberto ao mais nobre sentimento ou tê-lo escravizado, refém dos meus fantasmas.

IMG_20200430_194821.jpg

Foram precisos muitos dias e muitas tentativas para conseguir desenhar um coração mais ou menos simétrico. Só ontem me debrucei sobre correntes e foi mais fácil do que imaginei.

Mais sobre mim

Fórum Saúde Mental Portugal

A Ler

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D