Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

10
Out22

pensa numa palavra, vai ao google procurar a imagem e escreve sobre

Olhei para o ecrã da televisão e estava a começar a Lista de Schindler. Vi uma vela a arder. Vi luz.

Palavra curta e complexa e não sei bem o que desenvolver. Transcrevo, antes, parte de um artigo do Prof. José Carlos Fernandez, Director Nacional da Nova Acrópole de Portugal. Com grande pena minha tive de deixar as aulas mas espero voltar em breve:

Mística e Simbolismo de um Raio de Luz

Um raio de luz: «É um símbolo da quinta-essência do amor, dando vida e calor a tudo quanto beija; da justiça, determinando a sua medida e proporção;

da bondade, trazendo-nos para a existência desde as sombras do esquecimento e condenando-se a quase morrer para entrar na substância dos seres vivos, sendo o “pão” que lhes serve de alimento;

da sabedoria, ao permitir que não percorramos o mundo às cegas, deixando de sermos prisioneiros dos fantasmas movediços das opiniões;

da inteligência, percebendo objectivamente a forma e a natureza, o verdadeiro significado daquilo que se aproxima da nossa alma e do caminho para chegar à realização dos nossos sonhos;

da vontade, pois não há nada mais perseverante, mais vivo, mais incessante e perpétuo do que um raio de luz;

é a imagem viva daquilo que nunca morre, simplesmente segue um rumo ou outro. Verás um raio de luz livre, chegando desde as estrelas no infinito, ou prisioneiro na matéria que graças a ele vive;

e outra vez livre ao arder esta no fogo… mas nunca o verás nem morrer nem renunciar a sua natureza.

(...)

Excerto de “Viagem Iniciática de Hipátia”

Creio, cada vez mais, que a nossa sociedade doentia se deve à falta de crença. De fé. Não me refiro a religiões. Falta-nos espiritualidade e misticismo nas nossas vidas. Estamos completamente desapegados da nossa essência e totalmente devotos e escravos do material. Sinto-me grata por ir conseguindo ter esta compreensão e por ir conseguindo agir conforme no meu dia a dia. Descobrir esta dimensão humana ajudou-me bastante a sacudir a sombra da depressão. Não significa que não exista, não significa que a vida corra sempre bem, mas o meu entendimento de tudo tem mudado bastante principalmente quando me apercebi que me tenho desapegado da necessidade de controlo.

Em resposta ao desafio da Ana de Deus.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

A Ler

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D