Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

INFP

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

20
Jul20

O que é mais importante

A primeira questão no caminho para a minha Iluminação  é esta. O que é mais importante para mim? O que me faz levantar da cama todas as manhãs? O que me faz ter paciência para chefes no trabalho ou querer ficar num emprego mal remunerado. O que me faz continuar a lutar?

Em toda a verdade, não tenho motivo para me levantar da cama. Quando recomecei a trabalhar em Fevereiro de 2018, saltava da cama assim que o despertador tocava. Arranjava-me com gosto. Não me arrastava para o trabalho e por umas breves semanas senti-me mesmo muito bem! Ainda me lembro. Com o tempo e o aumento de stress no trabalho e farta das políticas da treta da empresa, tolerei tudo aquilo por comodismo. Hoje em dia, estando desempregada, levanto-me porque acho que ainda me resta um pouco de esperança numa possível recuperação a 100% de uma depressão que apenas é manejável, ainda que seja uma esperança um pouco fantasiosa.

Há algum tempo que me interesso pela resposta à questão do nosso propósito de vida e como o identificar. Sou do tipo de pessoa que acha que há mesmo algo que viemos cá fazer mas isso são contas de outro rosário.

Tenho feito a minha vida em função das outras pessoas. Tenho consciência disso. Sou uma pessoa que requer aprovação dos outros e o contrário, por muito que o queiram fazer parecer, não é fácil.

O que mais me motiva neste momento é conseguir um emprego que me devolva alguma auto confiança e poupanças para conseguir estabilidade para ter o meu espacinho, a minha privacidade, as minhas regras, a minha higiene.

O mais importante para mim é viver a minha vida sem nunca comprometer os meus valores.

daqui