Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

INFP

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

07
Abr20

Introversão, Quarentena e o meu Aniversário

Detesto falar ao telefone. Desde que me lembro. Posso levar dias a responder a uma mensagem e a devolver uma chamada. Antes de sair de casa certifico-me de que as escadas do prédio estão vazias (a não ser que tenha pressa), se vejo alguém conhecido na rua há uma grande probabilidade de eu baixar a cabeça e fingir que vou distraída. Pedir ajuda a um desconhecido só mesmo em caso de quase morte!

Não o faço por mal. É a minha introversão.

Conversa de ocasião cansa-me e prefiro estar calada a ouvir e a tirar as minhas próprias conclusões.

As pessoas vêem-me como uma pessoa calma, fechada, difícil de conhecer e compreender.

Na companhia certa e no momento certo, sou extrovertida, falo imenso, solto muito humor seco e asneiradas e ainda sou capaz de dar uma opinião ou outra, ainda que pouco fundamentada (sou muito emocional). Essa companhia é rara e os momentos ainda mais.

Sou, sim, difícil de conhecer porque não confio nas pessoas e porque acho realmente que as pessoas não me compreendem.

Não tenho problemas em conhecer pessoas e ter conversas consideradas normais mas não sou muito boa a criar relações e manter contactos.

Isto apenas para comentar que esta altura não me está a ser particularmente difícil. Sinto-me até menos culpada por estar em casa. Afinal de contas todos têm de estar.

Hoje foi mais difícil por me sentir alvo de uma atenção à qual não estou habituada. Foi o meu aniversário.