Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

INFP

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

30
Mar20

Dia Mundial da Doença Bipolar

30 de Março

Há um ano foi-me diagnosticado transtorno bipolar. Sempre achei ter uma depressão desde adolescente mas tanto apresentava momentos extremamente baixos como tinha picos de energia por breves momentos. Esta minha energia nunca foi de muita duração. Aquilo que não sabia é que esta energia não corresponde necessariamente a uma energia positiva e por isso sempre descartei a possibilidade de ter este transtorno.

Os meus episódios de mania ou "maníacos" são momentos de muita irritabilidade em que simplesmente perco o controlo das minhas emoções.

Parece coisa de criança mal educada mas o cerne da questão é bem mais complexo e varia de pessoa para pessoa.

Desde Agosto tenho uma medicação fixa que me tem ajudado a estabilizar o humor mas se me perguntarem, preferia viver sem comprimidos. Sou acompanhada duas vezes ao mês por uma psicóloga que me ajuda a colocar os pensamentos no sítio certo e a não ser tão dura comigo.

Não é uma coisa fácil de contar às pessoas à minha volta, principalmente no que toca à vida profissional. Acho que muita gente na mesma situação sente medo de ser tratada de forma diferente mas ao mesmo tempo gostaríamos de pedir compreensão a quem nos rodeia.

Para mim, é-me particularmente difícil a gestão do stress. Há dias que controlo as emoções extremamente bem e há outros que simplesmente me apetece estar fechada na casa de banho o dia todo.

Tenho imensas falhas de memória e acho sempre que o trabalho que faço não é suficientemente bom. Para compensar, vou acumulando tarefas para parecer mais competente e o trabalho acaba por ficar efetivamente mal feito e com muitas falhas.

(Multitasking é altamente sobrestimado!)

Screenshot 2020-03-30 at 23.31.40 - Edited.png

Screenshot 2020-03-30 at 23.33.34 - Edited.png

6 comentários

Comentar post