Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

30
Nov21

Concentração

Pergunta Original: Am I doing deep work?

Fui à procura do que significa deep work e engane-se quem ache que a expressão se refira a trabalho com algum tipo de significado profundo. Se analisarmos bem a expressão talvez nos possa levar a essa conclusão mas a expressão deep work refere-se mesmo à nossa capacidade de concentração nas nossas tarefas. Em qualquer tarefa. Desenvolver trabalho livre de distracções e que melhore as nossas aptidões. Este tipo de trabalho requer concentração durante certos períodos de tempo.

Contudo, hoje em dia, a nossa atenção dispersa-se com facilidade. Seja porque perdemos muito tempo com as redes sociais que se tornaram vícios seja por preocupações do dia a dia moderno ou mesmo por falta de concentração natural da pessoa, que nunca, sequer, a treinou. Trabalho superficial é o trabalho automático que não requer raciocínio nem é cognitivamente desafiante.

Bem... Eu insiro-me na segunda categoria e sempre inseri e, honestamente, é um motivo de vergonha para mim. Porque sou pouco analítica, reajo mais rapidamente do que penso porque também nunca fui desafiada nesse sentido. Sempre fiz trabalho logístico, operacional que requer pouco pensar. Limito-me a seguir regras que outros já criaram por mim. Dou a cara e o corpo às regras e condições dos outros mesmo quando não concordo com elas. Sou uma peça da engrenagem e sou dispensável. Rapidamente dispensável. E digo que me envergonha porque gostava de ser menos reactiva e mais ponderada. No meu trabalho actual é impossível fazer uma tarefa de cada vez e sem distracção. Há momentos em que começo uma tarefa porque até está calminho e bora lá concentrar-me e, de repente o telefone toca e tenho 3 chamadas ao mesmo tempo, no mesmo momento aparece uma pessoa à minha frente à espera que lhe dê atenção e o carteiro decide aparecer com 3 ou 4 pacotes de 20 quilos cada. O meu trabalho é composto por muitas tarefas, simples, mas que são impossíveis de ter a minha atenção isolada. Posso, ainda assim, decidir trabalhá-la e fazer um esforço para terminar as minhas tarefas sem me dispersar por conversas ou trivialidades do dia a dia. Confesso que o meu telemóvel é objecto que não me distrai e só olho para ele durante a minha hora de almoço.

Ainda assim, tento fazer um exercício de atenção quando leio. Romances são fáceis de nos envolver porque nos puxam emocionalmente. Ultimamente tenho-me dedicado a outro tipo de literatura que se pode tornar maçadora especialmente quando vou no comboio das 6h40 da manhã ou no comboio ao fim do dia quando o aquecimento está ligado e vou bem embalada em direcção a casa.

daqui

2 comentários

  • Imagem de perfil

    infp 01.12.2021

    Tenho aprendido a lidar com os meus erros mas continuo a ser muito dura comigo quando sei que os fiz. Cada vez mais acho que o multitask é sobrevalorizado, honestamente. Há muitos chefes que acham que por serem tarefas fáceis não se justifica o erro, mesmo que tenhamos de fazer mil coisas ao mesmo tempo. Mas também há uma possibilidade de ser só eu a pensar assim 
    Não me importaria com o multitask se não envolvesse trabalhar com pessoas 
  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    Setembro do Auto Cuidado

    A Ler

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D