Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

17
Jan22

Oito de Copas

17 a 23 de Janeiro

No Oito de Copas, um homem afasta-se de oito copos, colocados em primeiro plano. As taças estão dispostas de uma forma que parece que falta uma, sinal de que falta realização emocional e plenitude. O homem virou as costas para essas taças com um sentimento de perda e decepção e arrasta-se em direcção às montanhas. Um rio próximo simboliza as suas emoções e as montanhas representam a consciência de que esta não será uma jornada fácil (embora seja necessária para a verdadeira felicidade a longo prazo). A lua no céu nocturno ilumina o caminho – o homem sai na calada da noite esperando passar despercebido, sugerindo fuga ou evasão.

Quando o Oito de Copas aparece numa leitura podemos sentir-nos compelidos a nos afastarmos de situações decepcionantes: voltar as costas a um relacionamento, emprego, carreira, condições de vida ou projecto criativo insatisfatórios que já foram fonte de felicidade mas que agora só trazem dor. Fizemos um investimento emocional mas, apesar dos esforços, sentimo-nos desapontados, não está a correr como esperávamos e percebemos que já não temos nada a ganhar. Agora a única escolha é deixar esta fonte de insatisfação para trás e seguir em frente com a vida mesmo que nos traga tristeza. O Oito de Copas sugere que nos falta algo, particularmente ao nível emocional ou espiritual.

Esta carta também sugere que estamos a tentar escapar de uma situação emocional problemática ou a evitar problemas e preocupações psicológicas. As Copas, em primeiro plano, representam questões emocionais que permanecem reais e presentes na vida. No entanto fingimos que eles não existem, recusando-nos a lidar com elas. Podemos estar a reprimir emoções ou a recusar falar sobre o que nos incomoda, fingindo que tudo está bem.

É uma oportunidade para nos perguntarmos o que nos traz alegria, contentamento e realização a um nível profundo. Sem isso, definimos e perseguimos objectivos que não nos trazem a satisfação que procuramos. É tempo de realinhar os nossos objetivos com os nossos valores.

Com o apoio de Biddy Tarot

16
Jan22

comunidade

contribui de forma positiva para a tua comunidade local

ora bem... como hoje não é dia de sair, vou passar ao lado. mas!... uma vez que vivemos na era online, informo que todos os anos consigno 0,5% do meu irs a uma instituição local. já o fiz para o centro comunitário de carcavelos, para a refood e para gatis ou associações de resgate animal. não há muito que possa e saiba fazer e o tempo é pouco, principalmente porque me desloco de transportes públicos. há zonas de muito difícil acesso. se podia fazer mais? se calhar podia. mas também podia fazer menos.

community.jpg

ilustração criada em Canva

15
Jan22

cinco coisas

sai e repara em cinco coisas que são realmente bonitas

o plano não era sair hoje. primeiro porque é sábado e eu quero é evitar pessoas e segundo porque está um frio horroroso! não consigo aquecer as mãos, está frio em casa e só me apetece estar debaixo do cobertor. mas ganhei coragem e lá fui eu. saí um pouco sem percurso. foi-se desenrolando pelo caminho. desci a rua em terra batida ao longo das hortas comunitárias. virei à esquerda e depois à direita no centro comunitário de carcavelos. passei a igreja e entrei numa loja chinesa. não entro para comprar, apenas para ver e fico parva com a inutilidade de tanta coisa que se vende. saí, e chegando ao santini, decidi comprar um gelado - mousse de chocolate e pistácio - para ver se aquecia. acontece que, ir andando contra o ar frio, me deixou com os lábios dormentes. passei o túnel que atravessa a linha de comboio e continuei à esquerda. virei à direita para o pinhal da quinta dos ingleses que se encontra em perigo. acreditam que o querem deitar abaixo para construir mais betão à beira mar?! pelo pinhal continuei rumo ao mar com o sol já bem fraco. ainda tentei encontrar um trevo de quatro folhas, mas sem sucesso. já no parque de estacionamento da praia virei à direita e voltei a subir de volta a casa.

 

14
Jan22

comida saudável

come comida saudável e nutritiva

não me posso, nem ninguém, queixar da minha dieta. como bem. não me privo de quase nada. como um bocadinho de quase tudo. a única coisa de que abuso são bolachas.

6h10 - duas tostas com queijo fresco e um copo de chá de camomila e multi vitamínico diário

manhã: uma caneca de chá de camomila

9h15 - pudim de chia com triturado de amêndoas, nozes, sementes de abóbora, girassol, linhaça e sésamo, farinha de alfarroba e um ingrediente surpresa* com umas gotas de sumo de limão.

11h20 - uma (ou duas) bolachas bio lidl de aveia e chocolate

12h00 - guisado de lulas com arroz basmati e brócolos cozidos. uma tacinha de melão e um quadrado de chocolate 85% cacau. um copo de água a temperatura normal

tarde: uma caneca de chá de camomila

16h20 - papo seco com doce de morango

18h45 - uma banana

19h40 - 4 bolachinhas tostada enquanto caminho

21h30 - omelete feita com dois ovos com um cheirinho de cominhos em pó e uma colher de sobremesa de bulgur cozido.

22h15 - caneca de chá de camomila e três bolachas tostada

falhei na fruta hoje... e com o frio não me dá para beber muita água mas tenho de rever a minha dose diária de H2O. o meu jantar costuma ser sopa mas esta semana não tinha stock.

* melaço de cana

healthy food.jpg

ilustração criada em Canva

13
Jan22

outro caminho

faz um caminho diferente hoje e toma nota do que vês

hoje foi um dia complicado. todos os dias desta semana têm sido muito difíceis. quando acho que não é possível sentir mais stress, ele aumenta. a confusão mental é insuportável. a quantidade de trabalho que aumenta e se atrasa por estarmos dependentes de terceiros. o fluxo gigantesco de informação é esmagador. as tarefas mal definidas. o posto de trabalho que, por estar na base da hierarquia, acumula tarefas que, por mais simples que sejam, se tornam impossíveis de completar com precisão e perfeição.

adormeci de manhã por estar cansada. enquanto preparava um pequeno snack para comer antes de sair de casa deram-me umas cólicas que mal me aguentava em pé. perdi o comboio habitual e o que queria apanhar depois. estou quase certa de ter sido sequestrada por extraterrestres porque não me lembro de ter feito o caminho de casa à estação e, apesar de ter saído com tempo suficiente para lá chegar, vi o comboio passar e não o consegui apanhar. milagrosamente apenas cheguei atrasada 20 minutos graças ao sprint para apanhar o autocarro no cais do sodré.

apesar de não ter feito nenhum caminho alternativo hoje, tive de me ausentar do trabalho cerca de meia hora para chorar... continuo sem compreender se tenho pouca resistência ao stress ou se, simplesmente, acumulo. ando com um humor explosivo nos últimos dias e não consigo tomar as rédeas destas minhas flutuações.

nestes 30 minutos, procurei um cantinho abrigado do vento e fechei os olhos para apanhar sol na cara. as lágrimas corriam, o coração batia acelerado e a respiração era superficial e curta. não me consegui acalmar apesar de me tentar concentrar no presente e no que se passava à minha volta. voltei para trás. parei novamente. observei os trabalhadores de uma obra. entrei. preparei um chá e sentei-me, envergonhada, desejando nunca voltar a mostrar stress e desejando conseguir controlar emoções.

path.jpg

ilustração criada em Canva

12
Jan22

ligações

entra em contacto com alguém perto de ti - partilha um sorriso ou uma pequena conversa

hoje é dia disto. todos os meus dias são dias de contactos directos com pais, alunos, professores e staff. hoje também é dia de contacto com colegas de turma. de partilhas de sorrisos e pequenas conversas estão os meus dias todos cheios.

easy peasy lemon squeezy.jpg

ilustração criada em Canva

11
Jan22

tecnologias

desliga todos os aparelhos electrónicos pelo menos uma hora antes de ir para a cama

costumo deitar-me entre as 22h00 e as 23h00. o meu telemóvel é o meu despertador por isso não vou desligá-lo mas não vou, com toda a certeza, sequer olhar para ele antes de adormecer. palavra de INFP.

no tech.jpg

ilustração criada em canva

Mais sobre mim

A Ler

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D