Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

04
Out21

Maus hábitos

Pergunta original: What bad habit did I curb today?

Que mau hábito contive hoje?

Atrevo-me a dizer que não foi só hoje. Quero acreditar que um dos meus maiores maus hábitos tem sido, cada vez mais, contido como resultado do trabalho interior que tenho feito nos últimos anos: pensamentos destrutivos. Ainda os tenho, em abundância, mas já consigo criar um diálogo interno onde uma das vozes refuta o que a outra quase impõe. Tenho-me apercebido da má preparação que tenho para a vida, em geral, e de como me apetece, cada vez mais, sentir segura no meu canto, sem grandes complicações nem aventuras emocionais. Precisamente pela desordem que é a minha psique por si só. Considero-me uma pessoa controlada (ou simplesmente reservada ou, até mesmo, reprimida) até me ver confrontada com as emoções não controladas dos outros. Sei que não sou uma pessoa fácil e carrego um semblante por vezes pesado, negativo e introspectivo por me virar tanto para dentro e não me dar a conhecer e, creio que por esse motivo, as pessoas não compreendem a minha forma de desabafo. Acabo por me sentir mal e responsável por um ambiente pesado mesmo sabendo que existe tolerância para as "explosões" dos outros, fico, ainda assim, com a percepção de que as minhas são inaceitáveis.

Tenho o mau hábito do isolamento e deste é, igualmente, difícil de me esquivar principalmente quando traz calma e conforto. Sei que a médio e longo prazo é um hábito que mata mas é o meu prazer imediato. Isso e bolachas.

daqui

04
Out21

Rei de Paus

4 - 10 Outubro

O Rei de Paus está sentado no seu trono. Segura uma vara com brotos, um símbolo de vida e criatividade. O seu trono e a sua capa estão decorados com leões e salamandras, ambos símbolos de fogo e força. As salamandras, que mordem a própria cauda, representam o infinito e o impulso contínuo para avançar contra todos os obstáculos.

O Rei de Paus representa a energia do fogo puro na sua forma masculina. Ao contrário das outras cartas do naipe de Paus, o Rei não está tão interessado na criatividade nem em sonhar com ideias e implementá-las. Em vez disso, quer pegar numa ideia e recrutar outros para ajudá-lo a realizá-la. Portanto, quando o Rei de Paus aparece numa leitura é um sinal de que estamos a assumir o papel de um líder, pronto para direccionar uma equipa, o seu povo, etc., para um objectivo comum. Tem uma visão clara da direcção que quer tomar e está a manifestar essa visão com o apoio das pessoas à sua volta. Os outros gravitam, naturalmente, em seu redor pelo seu carisma, foco e determinação, e acreditam em si e na sua visão. Querem fazer parte dessa manifestação e estão presentes para apoiá-lo a cem por cento. O Rei é também mestre em conseguir que os outros façam o trabalho por si, enquanto os mantém presentes durante todo o processo.

O Rei de Paus lembra-nos do dever de viver a vida com intenção e visão a longo prazo. Ao contrário do Cavaleiro, que pode ser um pouco impulsivo nas suas acções, o Rei tem maturidade para ver a sua visão até ao fim e mais além. É um Conquistador porque tem clareza sobre a sua direcção e como lá pode chegar, não perdendo tempo com o que não o leva a lado nenhum. Não se deixa levar pela corrente mas embarca num curso de acção directo e robusto.

O Rei de Paus também sugere que uma oportunidade se apresentará e temos, agora, o poder de enfrentar desafios. Podemos criar qualquer resultado que desejarmos portanto, estejamos atentos às nossas intenções e às nossas visões. Em nós existe todo o poder de que necessitamos.

Com o apoio de Biddy Tarot

Pág. 3/3

Mais sobre mim

Agosto Altruísta

A Ler

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D