Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Introvertida

Introvertida. Intuitiva. Sentimental. Perceptiva.

05
Jan21

palavras que ferem

Vi esta imagem no meu feed do facebook e correram-me as lágrimas com os comentários que li.

Pessoalmente, não acho que me tenham dito palavras muito duras. Vivi, sim, com atitudes frias, duras e distantes em casa e convivi com miúdos (e graúdos!) pouco empáticos no meu dia a dia escolar.

Escrever ou falar sobre o que nos mói o espírito ou sobre o que nos massacra a mente torna tudo demasiado real. Guardamos sentimentos e não falamos dos assuntos para facilitar a vida e evitamos dar-lhes luz. Mas não crescemos, ficamos presos numa caixinha. E algumas vezes, conseguimos falar sobre os assuntos que nos atormentam mas não os conseguimos compreender e libertar-nos deles.

Existem momentos em que, do nada, acendem-se-me luzinhas e vejo certos assuntos a uma outra luz, com um novo entendimento.

Screenshot 2020-12-12 at 21.28.39.png

04
Jan21

prioridades

Quão importante é termos aqueles ténis da Nike ou da Adidas? Ou as últimas botas da moda que marcam uma estação ou mesmo atualizar o nosso telemóvel do ano passado para um que acabou de ser lançado? A mala ou o lenço Louis Vuitton ou Longchamps...?

Por não ter amigos sempre passei muito tempo em casa e acabava por ter de cozinhar (o meu pai trabalhava por turnos e a minha mãe nem horário de trabalho tinha), lavar e passar roupa a ferro, fazer bolos e fazer as tarefas de "mulher". Quer goste (e concorde) ou não foi a minha educação e não, não acredito que só as mulheres sejam responsáveis por estas tarefas. Sempre fui complexada por causa disto. Uma amiga do meu irmão chamou-me "caseira" que, desculpem, é uma palavra que A-BO-MI-NO - ou, pelo menos, abominei naquele momento. De imediato me imaginei com bigode e 7 saias a limpar a casa e a lavar as cuecas ao marido (bastante preconceituoso, bem sei...).

Isto tudo por causa da Uber Eats e da Glovo. Honestamente choca-me que haja gente que não saiba cozinhar e que dependa de restaurantes para comer. Acho tão importante a ligação à terra que a comida ainda nos dá. A compra responsável e a confeção.

Adoro uma pizza a sério, feita em forno de lenha ou um caril feito como deve ser, sushi... Mas... todos os dias? A sério?

daqui

02
Jan21

Feliz Dia Internacional dos Introvertidos

Sim... Existe. E é hoje 

Desde que tenho o blog que tenho alterado o seu aspeto a cada 3 meses (na mudança de cada estação), mas quero mudar a imagem deste espaço para qualquer coisa que faça sentido. Procurava imagens e ilustrações em bancos de imagens e é impressionante como a palavra introversão está associada a tristeza, solidão e depressão.

Parvoíces à parte, uma mensagem a todos os intros: tirem o dia para fazerem algo que vos dê prazer, sem pressões. Se não fossem as restrições, ia até Sintra fazer uma caminhada... Tenho saudades de me reencontrar na natureza.

daqui

01
Jan21

O Que Posso Colocar Fora do meu Círculo de Controlo

Pergunta Original: What Can I Put Outside My Circle Of Control?

Esta jornada estóica está-se a revelar repetitiva mas bora lá.

A resposta é: as outras pessoas. Todas as outras pessoas. E se pensar bem no assunto, tudo. Tudo menos eu.

A ansiedade impele a uma necessidade de controlo. De tudo menos de mim mesma e da minha mente. Apenas posso controlar as minhas reacções às minhas emoções, aos meus sentimentos e aos meus pensamentos. E aos dos outros.

daqui

01
Jan21

Coisas de Introvertidos

Screenshot 2020-12-31 at 18.42.27.png

Pois o meu último dia do ano foi assim. Em vez de pizza, rissóis. Fritos para acabar a ressaca do ano inteiro. A ver o Drácula de Bram Stoker (um filme lindíssimo para quem ainda não o viu) a tecer uma mandala, terminada precisamente à meia noite, a emborcar umas bolachas do pingo doce e acabei a noite a rever o primeiro episódio da série Taboo porque... Tom Hardy. Desde que vi o filme Warrior, mamo tudo onde o moço apareça por muito que o filme não seja a minha onda, como foi Venom. Fui ao cinema para o ver em Legend e Mad Max: Fury Road.

À meia noite, não faltou o derrame de lágrima ou não seria eu própria. A introspecção, mais uma tentativa frustrada de me entender e de me aceitar.

Para 2021 apenas quero coragem.

IMG_20210101_000949.jpg

Pág. 4/4

Mais sobre mim

A Ler

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D